Um casamento que bem poderia ser o meu

Esse casamento, vindo direto da galeria do Style me Pretty me emocionou demais. Não bastasse a semelhança dos noivos comigo e com o Matheus, ele teve todos os elementos que eu acredito importantes. Um casamento íntimo, que valoriza a história dos noivos e a família, em um ambiente natural e maravilhoso. O vestido da noiva é perfeito, do jeitinho que venho imaginando para mim faz um bom tempo. Os cachinhos que permanecem no penteado dão um ar super natural para noiva. É tudo que eu quero.

O interessante, o que mexe comigo, nessa foto acima não são as boutonnieres, é o crochê que está sob elas. O crochê com certeza estará no meu casamento como homenagem a minha querida vó Lourdes, que faz crochês até hoje, no auge dos seus 96 anos. Um exemplo de mulher. Nos meus sonhos, ela leva as alianças numa almofadinha de crochê que ela mesmo fez. Se pudessem me ver agora me achariam a mais boba. Estou em prantos em frente ao computador.

Continuando…

Nessa foto, podemos ver além do lindo bouquet (com uma mistura muito bem feita de flores em tons pasteis tendo rosas creme como flor principal) o vestido da noiva, todo de renda. Maravilhoso. O meu terá renda apenas da cintura para cima. A saia seria mais aberta. Não gosto muito de marcar o quadril.

O local da cerimônia é perfeito. A noiva disse que é um parque próximo à casa onde nasceu. Então, além de lindo, o lugar é cheio de história. O parque já era importante na vida dela, agora ele ficou ainda mais. A decoração do ambiente foi extremamente simples. Para quê mais? Olha esse verde todo. Já basta né? O tapete foi feito de Juta. Que ideia legal. Combinou com o ambiente.

Mantendo o estilo natural, o programa da cerimônia foi um livreto em papel kraft. O lacinho fez toda diferença. Gosto muito de casamentos que tem programas onde que disponibilizam as letras das músicas e tem parte para os convidados lerem. Assim todo mundo participa da cerimônia. Ou fica contando quantas coisas falta para acabar (sacanagem).

A roupa do noivo é um charme. Olha essa gravata de bolinhas. O terno cinza escuro manteve toda a elegância da cerimônia sem pesar para o preto. Destacou o noivo dos padrinhos.

A decoração do salão da festa foi toda inspirada no estilo antigo. O cerimonial é de 1920 e o casal resolveu explorar essa característica. A mistura das cores é inusitada (laranja com roxo) mas ficou lindo nesses arranjos brancos. Potes de vidro também estão na decoração. É a simplicidade deixando tudo lindo. Não consegui identificar o que é esse “negócio” dentro dos potes e sobre a mesa, parece uma cebola, ou um romã…

Para encerrar o post, fiquem com fotografias que eu amei.

Grande beijo, da boba chorona que quer um Ctrl+C e Ctrl+V desse casamento no dela.

4 thoughts on “Um casamento que bem poderia ser o meu

  1. Pingback: Clube Noivas

  2. Pingback: Crochê no casamento!! « Clube Noivas

    • E os noivos não parecem comigo e com o Matheus? De todos os casamentos que eu já vi na net, esse, com certeza, foi o que mais mexeu comigo. Lindo demais.
      Obrigada pelo elogio ao Blog. :)

Deixar Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s